Notícias

Voltar

MAM abre inscrições para 17 cursos durante o segundo semestre

O Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP) anuncia a grade de cursos para o segundo semestre deste ano, que abrange uma gama diversificada de temas nas áreas de história e crítica da arte, fotografia, desenho, curadoria, iluminação e um grupo de discussão sobre a produção artística dos próprios participantes. Os cursos atendem ao público adulto, tanto iniciante quanto especialista, e possuem carga horária, duração, datas e valores diferentes.

(Divulgação)

Um dos destaques é o inédito "Mulheres na arte", ministrado por Magnólia Costa, que discute a emancipação da mulher e os diversos papéis no meio artístico contemporâneo, como a presença em instituições de arte e as perspectivas no cenário cultural. Além das disciplinas já conhecidas pelo público, como fotografia e desenho, outra novidade são as aulas de "Introdução à História da Arte", que faz um panorama sobre a pintura ocidental, desde o Renascimento até a ruptura com a tradição no século XIX. Regido por Felipe Martinez, o curso tem como pano de fundo as características sociais e econômicas que proporcionaram a configuração de cada época a partir do estudo da evolução da técnica e das ideias nas obras de grandes mestres como Michelangelo, Rafael, Rembrandt, Caravaggio e Delacroix.

Os interessados podem ter mais informações pelo telefone (11) 5085-1314 ou pelo e-mail cursos@mam.org.br.

Seguem abaixo as descrições e informações dos cursos:

Mulheres na arte - Magnólia Costa
O curso discute a emancipação da mulher e os diversos papéis no meio artístico contemporâneo. Discute-se também o nascimento do mercado de arte e as conquistas da mulher neste segmento. São debatidas questões como a presença da mulher nas instituições difusoras de arte e as perspectivas no cenário cultural.
De 9 de agosto a 8 de novembro. 
Terças-feiras, das 18h às 20h.
Duração: 14 encontros.
Investimento: 4 parcelas de R$ 315,00.
Público: interessados em geral.
Magnólia Costa é bacharel, mestre e doutora em Filosofia pela USP, especializada em Estética. Realizou parte das pesquisas na Université de Paris I (Panthéon-Sorbonne) e na Université de Paris IV (Paris-Sorbonne). É tradutora, crítica de arte e curadora independente. Leciona história da arte no MAM desde 2001, onde também coordena as Relações Institucionais.

Arte e ilusão - Magnólia Costa
Se realidade e ilusão entrassem num duelo, a ilusão venceria, principalmente no campo da arte. A ilusão atrai e encanta. A magia consiste em ser produzida por meio de recursos palpáveis. Descubra como isso acontece, investigando obras de grandes artistas de vários períodos.
De 11 de agosto a 10 de novembro.
Quintas-feiras, das 15h às 17h.
Duração: 14 encontros.
Investimento: 4 parcelas de R$ 315,00.
Público: interessados em geral.

Fotografia I - Karina Bacci
O curso parte de referências à produção de diversos fotógrafos e relaciona conceitos da linguagem fotográfica a aspectos técnicos como enquadramento, luz, velocidade, abertura e profundidade de campo. É necessário ter equipamento fotográfico com possibilidade de operação manual e tripé.
De 9 de agosto a 22 de novembro.
Terças-feiras, das 20h30 às 22h30 + uma aula diurna em um domingo a combinar.
Duração: 16 encontros.
Investimento: 4 parcelas de R$ 315,00.
Público: iniciantes.
Karina Bacci é fotógrafa, bacharel em fotografia pelo SENAC-SP e pós-graduada em Cinema, Vídeo e Fotografia pela Belas Artes. Trabalha como fotógrafa freelancer e atua na área cultural e como professora em oficinas e cursos de fotografia e vídeo, tendo ganho prêmios na área.

Fotografia I - Marcello Vitorino
Uma introdução ao universo da fotografia, estímulo para pensá-las e produzi-las. A proposta apresenta princípios da formação da imagem, técnica, linguagem e história. Estão previstas saídas fotográficas, sendo necessário ter equipamento com possibilidade de operação manual.
De 11 de agosto a 24 de novembro.
Quintas-feiras, das 17h30 às 19h30.
Duração: 16 encontros.
Investimento: 4 parcelas de R$ 315,00.
Público: iniciantes.
Marcello Vitorino integrou a equipe de repórteres fotográficos do Diário do Grande ABC (1997 a 99), onde iniciou pesquisa sobre o fotógrafo João Colovatti, que resultou na exposição João Colovatti: Revelações de um Anti-Herói (2004), em Santo André. Em 2008, apresentou monografia sobre João Colovatti na pós-graduação em Fotografia no SENAC-SP. Fez parte do Núcleo de Fotografia da Casa do Olhar, tendo participado de diversas exposições.

Fotografia II - Marcello Vitorino
O curso visa a um aprofundamento técnico em relação ao Fotografia I, além de ênfase no desenvolvimento poético do olhar, propondo exercícios para a construção de narrativas lineares e não lineares, utilizando-se da fotografia como ferramenta de linguagem e expressão pessoal.
De 11 de agosto a 24 de novembro.
Terças-feiras, 20h às 22h.
Duração: 16 aulas.
Investimento: quatro parcelas de R$ 315.
Público: interessados em aprimorar o olhar e as possibilidades técnicas. É necessário ter conhecimento técnico básico (fotometria manual) ou tenha cursado "Fotografia I".

Fotografia Aplicada - Daniel Salum
O aluno aprofunda o desenvolvimento do olhar, conceitos de iluminação e criação por meio de aulas práticas e teóricas. Utilizando equipamentos de estúdio, flashes e luz natural, aprimora a percepção sobre as possibilidades da luz como matéria criadora. Retrato e fotografia de objetos são utilizados para enfatizar o desenvolvimento técnico e a linguagem fotográfica. É necessário ter equipamento fotográfico com possibilidade de operação manual.
De 25 de agosto a 13 de dezembro.
Terças-feiras das 20h às 23h + duas aulas diurnas em sábados a combinar.
Duração: 18 encontros.
Investimento: 4 parcelas de R$ 315,00.
Público: interessados em fotografia em geral que desejam aprofundar os conhecimentos técnicos e de linguagem.
Pré-requisitos obrigatórios: domínio de fotometria em modo manual.
Daniel Salum é fotógrafo e bacharel em Fotografia pelo Senac-SP. Realizou cursos com artistas renomados como Joel Peter Witkin, Ralph Gibson, Gal Oppido, Cláudio Feijó, Eustáquio Neves e Claudi Carreras. Foi professor de fotografia do SENAC-SP, MIS e SESC. Atualmente, ministra aulas na Escola Panamericana de Arte e Design e no MAM. Integra o coletivo fotográfico Oficina da Luz. Participou de diversas exposições coletivas e individuas no Brasil e no exterior.

Breve Panorama da Fotografia Japonesa do Pós Guerra - Daniel Salum
Talvez nenhum outro país tenha sofrido mudanças tão drásticas depois da Segunda Guerra Mundial como o Japão. Nesse período, a fotografia tornou-se um dos meios mais utilizados para capturar as tensões do pós-guerra. Surgem fotógrafos que desenvolvem uma nova maneira de documentar as transformações da realidade, onde o indivíduo por trás da câmera passa a ter cada vez mais importância, e uma nova filosofia estética aparece. No curso são apresentados e discutidos trabalhos dos principais fotógrafos japoneses do período, a importância histórica e influências até os dias de hoje.
De 17 de agosto a 28 de setembro.
Quartas-feiras, das 19h30 às 21h30.
Duração: 06 encontros.
Investimento: 2 vezes de R$250.
Público: interessados em geral.

A Arte de Fingir - a manipulação no meio fotográfico - Daniel Salum
O desejo de modificar as imagens captadas pela câmera fotográfica é tão antigo quanto a própria fotografia, somente os métodos que mudaram. Quase todo tipo de manipulação, que agora associamos com a fotografia digital, fez parte do repertório analógico do meio. No curso é traçado um percurso da arte da manipulação fotográfica desde 1840 até hoje.
De 1 a 29 de outubro.
Sábados, das 10h30 às 12h30.
Duração: 5 encontros.
Investimento: R$ 350,00.
Público: interessados em geral.

Luz marginal procura corpo vago -  Gal Oppido
A reflexão sobre a imagem estática pauta os exercícios de percepção da luz, desde a solar até as discretas luzes domésticas. A luz é entendida como formadora de conteúdos plásticos a partir da incidência em corpos nus, objetos e paisagens cotidianas. É necessário possuir equipamento fotográfico com possibilidade de operação manual e tripé. O curso orienta a criação de um projeto gráfico desenvolvido com as fotos realizadas ao longo do semestre.
De 15 de agosto a 28 de novembro.
Segundas-feiras, 20h30 às 23h.
Duração: 16 aulas.
Investimento: quatro parcelas de R$ 340.
Público: Fotógrafos e estudantes de fotografia.
Gal Oppido é fotógrafo, arquiteto, músico e desenhista. Em 1975, formou-se arquiteto pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP. Em 76, iniciou o trabalho com fotografias relacionadas ao desenho. Durante os anos 70 e 80, atuou como baterista no Grupo Rumo, banda integrante do movimento Vanguarda Paulista. Realizou em 2011, as exposições Antífona, no Museu Afro Brasil e São Paulo Mon Amour, na Maison de Mettalos, em Paris. Recebeu o prêmio Associação Paulista de Críticos de Arte como melhor fotógrafo, pelo conjunto da obra, em 1991.

Introdução à História da Arte - Felipe Martinez
O curso faz um panorama sobre a pintura ocidental desde o Renascimento até a ruptura com a tradição no século XIX. São estudados os principais estilos da arte ocidental nos pontos de contato e de divergência tendo como pano de fundo as características sociais e econômicas que proporcionaram a configuração de cada época a partir do estudo da evolução da técnica e das ideias nas obras de Michelangelo, Rafael, Rembrandt, Caravaggio e Delacroix.
De 4 de agosto a 24 de novembro.
Quintas-feiras, das 18h às 20h.
Duração: 16 encontros.
Investimento: 4 parcelas de R$ 270,00.
Público: interessados em geral.
Felipe Martinez é doutorando e mestre em História da Arte pela UNICAMP, onde atua como professor em programa de estágio docente. Defendeu dissertação sobre os quadros de Vincent van Gogh presentes no acervo do MASP, onde foi professor. Participou de publicações acadêmicas sobre o período impressionista e pós-impressionista, e foi pesquisador visitante do Museu Van Gogh, em Amsterdã.

História da Arte Moderna - Felipe Martinez
O curso aborda os movimentos artísticos que iniciam na segunda metade do século XIX e duram até meados do século XX, quando surgem manifestações do que se chama, popularmente, de arte contemporânea. As aulas focam em concepções artísticas que fundamentaram as academias de pintura no século XIX como o Impressionismo e o Pós-Impressionismo, passando pelas concepções estéticas dominantes na virada do século até chegar nas vanguardas do século XX. Também são abordadas implicações da modernidade nas manifestações culturais brasileiras, de modo a mostrar os vínculos com a cultura internacional.
De 8 de agosto a 28 de novembro.
Segundas-feiras, das 18h às 20h.
Duração: 16 encontros.
Investimento: 4 parcelas de R$ 270,00.
Público: interessados em geral.

Fotografia autoral I - Marcelo Greco
O objetivo contribui para a reflexão sobre o processo criativo de cada aluno, questionando escolhas temáticas a partir da discussão sobre as condições culturais que o influenciam e orientando-o para o desenvolvimento da percepção do próprio olhar. São apresentados trabalhos de diversos fotógrafos consagrados, situando a produção historicamente.
De 10 de agosto a 14 de dezembro.
Quartas-feiras, das 17h30h às 19h30.
Duração: 16 encontros.
Investimento: 4 parcelas de R$ 315.
Público: pessoas interessadas em compreender e se desenvolver no uso da fotografia como forma de expressão artística e que tenham conhecimentos técnicos de fotografia.
Marcelo Greco trabalha com fotografia desde 1996. Desenvolve projetos nos principais museus do país. Fez diversas exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior. Faz parte de coleções como da Coleção Joaquim Paiva, Fundação Cultural de Curitiba, Pinacoteca do Estado de SP. Foi curador geral do Festival Paraty em Foco (2008).

Fotografia autoral II - Marcelo Greco
Depois de desenvolver o olhar no curso Fotografia autoral I, o aluno aprofunda a reflexão sobre o processo criativo criando imagens, editando-as e formatando-as para a produção de um material que pode ser exposto ou publicado. Em cada aula discutem-se os erros e acertos na edição e finalização no trabalho de outros fotógrafos.
De 10 de agosto a 14 de dezembro.
Quartas feiras-feiras, das 20h às 22h.
Duração: 16 encontros.
Investimento: 4 parcelas de R$ 315.
Público: interessados em compreender e se desenvolver no uso da fotografia como forma de expressão artística e que tenham conhecimentos técnicos de fotografia.

Desenho - Dudi Maia Rosa
O desenho de observação é usado como instrumento para o desenvolvimento da percepção visual e como ponto de partida para a discussão de questões ligadas à arte contemporânea. Aulas com modelo vivo são realizadas para incitar o debate sobre a produção dos participantes.
De 9 de agosto a 29 de novembro.
Terças-feiras, das 17h às 19h30.
Duração: 16 encontros.
Investimento: 4 vezes de R$ 340,00.
Público: interessados em geral.
Pintor e desenhista, Dudi Maia Rosa apresentou a primeira individual em 1967, na Galeria Átrium (SP). Desde então, realizou exposições individuais e participou de coletivas importantes como Panorama da Arte Atual Brasileira no MAM (em 73, 86, 89 e 93); Bienal de São Paulo (87 e 94); Bienal de Johanesburgo (95); Mostra do Redescobrimento: Brasil 500 Anos, (2000); 5ª Bienal do Mercosul (2005) e Brasiliana: Moderna Contemporânea no MASP (2006). Apresentou individuais no Instituto Tomie Ohtake (2008); Galeria Millan (2012) e no Centro Universitário Maria Antônia (2013).

Arte Contemporânea - Pedro França
O curso oferece um panorama não exaustivo de debates importantes na produção artística atual. O objetivo é apontar como a arte pensa nosso mundo a partir de operações formais e intelectuais. A maior parte das aulas debruça-se sobre obra de um único artista, com apresentação de imagens, vídeos e textos.
De 13 de agosto a 26 de novembro.
Sábados, das 10h30 às 12h30.
Duração: 16 encontros.
Investimento: 4 parcelas de R$ 350,00.
Público: interessados em geral.
Pedro França é artista e fez mestrado em História pela PUC-Rio. Atualmente dá aulas no MAM e no Instituto Tomie Othake, em SP. Trabalha como artista desde 2011, produzindo desenhos, filmes e instalações. Participou de exposições individuais e coletivas.

Grupo de discussão: pensamento = ação + reflexão - Pedro França
O curso acompanha e debate a produção dos alunos em qualquer meio e em qualquer estado de maturidade. Os debates são feitos com participação da turma. A cada duas aulas de exposição de trabalhos, acontece uma aula teórica de apresentação de obras, textos ou referências levantadas nas aulas anteriores. As aulas têm como objetivo estimular a reflexão a partir do exercício de olhar obras de outros artistas que toquem em problemas vizinhos aos seus.
De 19 de agosto a 2 de dezembro.
Sextas-feiras, das 19h às 21h30.
Duração: 15 encontros.
Investimento: 4 parcelas de R$ 350,00.
Público: interessados produzir arte, sem restrição de tempo de experiência.

Curso Curatorial -  Tobi Maier
O curso é curatorial e considera os alunos como participantes, o que atribui a função de contribuinte. Desenvolvendo o pensamento sobre aproximações curatoriais inovadoras e experimentais, o curso aprofunda o interesse em história e crítica de arte, formando uma voz curatorial distinta. São 10 aulas de conversa sobre teoria, história de arte e o legado crítico de trabalho curatorial através de alguns casos. O curso inclui visitas a exposições em cartaz e conversas com outros profissionais de curadoria e produção.
De 12 de agosto a 21 de outubro.
Sextas, das 10h30 às 12h30.
Duração: 10 encontros.
Investimento: 3 parcelas de R$ 315,00.
Público: Direcionado a professionais jovens, que já estão atuando na esfera cultural em instituições ou independente e está aberto para interessados.
Tobi Maier é crítico de arte, curador, docente e editor. Atuou como curador no Frankfurter Kunstverein (2006-08) e no MINI/Goethe-Institut Curatorial Residencies Ludlow 38, em NY (2008-11). Foi curador associado da 30ª Bienal de São Paulo. É mestre em Estudos Curatoriais pelo Royal College of Art, Londres, e doutorando em Poéticas Visuais (USP). Colabora de São Paulo para várias revistas de arte contemporânea como Artforum, Frieze, Flash Art, Spike e Select.  Também é co-fundador do espaço expositivo SOLO SHOWS em São Paulo.

Museu de Arte Moderna de São Paulo (Foto: Divulgação)

serviço
Cursos MAM - 2º semestre 2016
Local: MAM-SP - Museu de Arte Moderna de São Paulo | Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, Parque do Ibirapuera.

Cadastre-se em nossa newsletter e receba o e-book Conservação de Esculturas em Espaços Públicos
Cadastre-se em nossa newsletter e receba o e-book Conservação de Esculturas em Espaços Públicos