Notícias

Voltar

Kogan Amaro inaugura a primeira galeria brasileira na Suiça com exposição de Nuno Ramos

A Galeria Kogan Amaro  inaugura seu novo espaço em Zurique, na Suíça, na próxima sexta-feira (24). O local escolhido foi o centro cultural Löwenbräu-Kunst e esta será a primeira galeria brasileira no país. A mostra excolhida para inaugurar o espaço foi  “Sol a Pino” de Nuno Ramos, que já passou pela galeria Fortes D’Aloia & Gabriel , em São Paulo.


O que eu vejo e o beco (2017), Nuno Ramos

Com uma trajetória  internacionalmente consagrada, Nuno apresenta nesta individual duas séries de desenhos e duas pinturas. A exposição narra suas inquietações com o mundo contemporâneo e recebe esse nome porque as pinturas dessa série demonstram uma reflexão do artista a respeito de que espaço a técnica tem em sua trajetória. Ramos sintetiza esse questionamento como um “desejo de solarização”, um empenho em buscar alegria em tempos sombrios.

O material utilizado para pintar é uma versão da encáustica - uma mistura de tinta a óleo, parafina, vaselina, e pó - que concede às pinturas “cores elétricas em superfícies pantanosas”. O método é feito a quente, ou seja, o material tem um curto tempo de esfriamento, o que exige que o artista produza mais rapidamente. Essa técnica transmite um certo risco e pouco controle do material, uma hipótese das motivações que levaram o artista a retornar para a pintura. "O percurso trilhado por Nuno nos quase 40 anos de carreira mostra a sua importância e enxergamos uma necessidade de seguir projetando-o no exterior", ressalta Marcos Amaro. Leia mais sobre a exposição.

Nuno Ramos. Sol a Pino 01, 2018. Encáustica, tinta a óleo, tecidos, plásticos e metais sobre madeira. Dimensões: 197x313x40 cm.

A nova sede da Galeria Kogan Amaro divide o endereço com outras galerias e instituições, como Hauser & Wirth e o Migros Museu de Arte Contemporânea. O Centro Cultural Löwenbräu-Kunst abrigava, entre os séculos XIX e XX, fábricas de cervejas. A instituição é atualmente ponto de referência para quem busca arte contemporânea na Suíça.

A conquista marca mais um passo importante na trajetória da Kogan Amaro, uma das galerias que mais cresce no cenários das artes atualmente e investe tanto em nomes consagrados, como em artistas emergentes.

Cadastre-se em nossa newsletter e receba o e-book Conservação de Esculturas em Espaços Públicos
Cadastre-se em nossa newsletter e receba o e-book Conservação de Esculturas em Espaços Públicos