AGENDA DAS ARTES

Voltar

Kurt Klagsbrunn: faces da cultura, retratos de um tempo

Artistas: Kurt Klagsbrunn

Curadoria: Helouise Costa e Joaquim Marçal Andrade

De 28/8 a 15/12

Centro Cultural Fiesp Ver mapa

Endereço: Avenida Paulista, 1313 - Cerqueira César

Telefone: (11) 3146-7439

Centro Cultural Fiesp apresenta “Kurt Klagsbrunn: faces da cultura, retratos de um tempo”, mostra que fica em cartaz de 28/8 a 15/12 e reúne obras da trajetória do fotógrafo austríaco responsável por registrar figuras icônicas da cultura brasileira.



Luz del Fuego. Créditos: Kurt Klagsbrunn

Os curadores Helouise Costa e Joaquim Marçal Andrade optaram por apresentar ao público um recorte das obras de Klagsbrunn que registra personalidades que contribuíram na consolidação do circuito artístico e cultural das capitais paulista e carioca durante as décadas de 1940 e 1950.

São figuras como Assis Chateaubriand, Cecília Meirelles e Oscar Niemeyer, além de muitas outras que protagonizam os retratos de Klagsbrunn. As 84 fotografias em preto e branco registram momentos de figuras centrais na história da arte no período do pós-guerra.


Serge Ivanoff. Créditos: Kurt Klagsbrunn

Muitas das imagens foram feitas em eventos sociais, ateliês e exposições, uma forma de lançar luzes sobre a existência de redes ativas e organizadas de artistas e intelectuais em um momento de grande repressão às artes. “Não se trata de promover o culto à personalidade, mas de tentar compreender as múltiplas ramificações e entrecruzamentos dos círculos culturais e artísticos da época”, afirmam Helouise e Joaquim. 

O fotógrafo chegou ao Brasil como refugiado em 1939 e coleciona conquistas em sua biografia. A mostra exibe exemplares de algumas das publicações nas quais o artista divulgou suas imagens, como por exemplo a Life, a mais importante publicação ilustrada da época, e revistas nacionais como Sombra e Rio Magazine.

Sobre o artista 
Kurt Klagsbrunn nasceu em 1918 em Viena, Áustria. Integrava uma família de judeus que veio para o Brasil por ocasião da invasão nazista em 1939. No Rio de Janeiro passou a dedicar-se à fotografia. Depois de trabalhar para a União Nacional dos Estudantes começou a atuar no fotojornalismo e na publicidade, tornando-se correspondente da revista Life e colaborador de outros periódicos, entre os quais as Revista da Semana, Sombra e Manchete. A partir de 1969 diminuiu suas atividades por problemas de saúde, mas continuou fotografando até 1980. Faleceu em 2005, deixando um arquivo de mais de 150 mil itens, ainda pouco explorado, e conservado por seu sobrinho, Victor Klagsbrunn. 

Serviço
Kurt Klagsbrunn: faces da cultura, retratos de um tempo, de Kurt Klagsbrunn
Datas e Horários: De 28/8 a 15/12. De terça a sábado, das 10h às 22h, e domingo, das 10h às 20h
Local: Centro Cultural Fiesp | Avenida Paulista, 1313
Entrada livre e gratuita