AGENDA DAS ARTES

Voltar

Jogando com Ben Patterson

Artistas: Ben Patterson, Cristina Barroso, Dudi Maia Rosa, Francisco Klinger Carvalho, Guto Lacaz e Paulo Bruscky

Curadoria: Karin Stempel

De 27/10 a 23/12

Bolsa de Arte Ver mapa

Endereço: Rua Mourato Coelho, 790 - Vila Madalena

Telefone: (11) 3097-9673

Antes de uma exposição, "Jogando com Ben Patterson", coletiva que a sede paulistana da Galeria Bolsa de Arte de Porto Alegre recebe a partir de 27 de outubro, às 19h, é um jogo. Um jogo cheio de humor e vida, jogado entre amigos. Junto a Patterson, importantes nomes da performance, arte postal, pintura e escultura brasileiros, todos amigos e interlocutores do artista: Cristina Barroso, Dudi Maia Rosa, Francisco Klinger Carvalho, Guto Lacaz e Paulo Bruscky.

A responsável pela condução desse jogo é a curadora alemã Karin Stempel, uma das maiores especialistas do mundo em arte latino-americana, curadora duas vezes da representação alemã para a Bienal Internacional de São Paulo e, até 2010, reitora da Academia de Arte de Kassel.

Stempel propõe a apresentação da história da obra de Patterson, mas também, uma estrutura híbrida de contextos geográficos distintos, cronologias fragmentadas, com fendas no espaço e no tempo e um cruzamento geracional. Para isso, além de documentos originais dos chamados concertos apresentados pelo artista (termo que Patterson empregava para os happenings e performances que realizava numa época em que essas manifestações sequer haviam sido catalogadas pelos críticos e historiadores) haverá obras de artistas brasileiros que com ele se apresentaram - se corresponderam, criaram diálogos sobre vida e obra – instâncias que os membros do grupo Fluxus julgavam impossíveis separar. As performances, reunidas em dois dias, acontecem no dia 29/10, dois dias após a abertura, e no dia 31/10, com um dia inteiro dedicado às performances.

Fluxus foi antes um estado de espírito do que um movimento coeso, formado por um grupo de pessoas de diversos países que viviam a música, a poesia e as artes plásticas. “O Fluxus reuniu várias pessoas que pensam, sentem e agem da mesma maneira – amigos. É como um grande barco no qual podemos dar um passeio gostoso”, diz Patterson.

O termo, que também deu nome a uma publicação, vem do latim e significa fluxo, movimento, escoamento.  Seus integrantes buscavam a quebra de barreiras e convenções, unindo arte e cotidiano, tendo como uma grande influência os dadaístas.

Sobre o artista
Ben Patterson, artista norte-americano radicado na Alemanha. Em 1962, junto com George Maciunas, organizou o Wiesbadener Festspiele Neuester Musik - no Museu da Cidade de Wiesbaden, mais tarde conhecido como o primeiro festival Fluxus, uma comunidade artística que conta com mais de meia década de história e com uma rede de artistas que se espalhou ao redor de todo o mundo.

Foto: Galeria Bolsa de Arte. Divulgação

"Jogando com Ben Patterson" / Divulgação

serviço
Exposição: "Jogando com Ben Patterson", coletiva de Ben Patterson, Cristina Barroso, Dudi Maia Rosa, Francisco Klinger Carvalho, Guto Lacaz e Paulo Bruscky com curadoria de Karin Stempel.
Datas e horáros: Abertura 27 de outubro de 2015,  das 19h às 22h.
Performances: 29 de outubro, a partir das 19h, 31 de outubro, sábado, a partir das 12h.
Exposição: 27 de outubro a 23 de dezembro de 2015. De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h. Sábado: das 11h às 17h.
Local: Rua Mourato Coelho, 790 - São Paulo - Galeria Bolsa de Arte.
Entrada franca.