AGENDA DAS ARTES

Voltar

DOKA_

Artistas: Vários

Curadoria: -

De 5/9 a 5/10

Galeria Virgílio Ver mapa

Endereço: Rua Doutor Virgilio de Carvalho Pinto, 426 - Pinheiros

Telefone: (11) 2373-2999

A Galeria Virgílio inaugura no dia 05 de setembro, terça-feira, a mostra coletiva de fotografia “DOKA_”, com livros de autor e 80 obras de oito fotógrafos do grupo formado por alunos e egressos do curso “Fotografia Autoral”, ministrado por Marcelo Greco no MAM-Museu de Arte Moderna de São Paulo. São eles: Alex Fernandez, Ciça Calasans, Luciana Dal Ri, Paola Vianna, Paula Carpi, Re’gis de Gasperi, Selma Perez e Vicente de Carvalho. A mostra fica em cartaz na galeria até o dia 05 de outubro de 2017.


Re'gis De Gasperi. Série Thereafter. 2015-2017. 50 x 75 cm.

O nome “DOKA_” vem do holandês “donker kammer” [“câmara escura” em português], um índice da influência da passagem de Machiel Botman, artista com quem o professor Marcelo Greco promove eventuais intercâmbios culturais.

Nas salas da galeria são apresentados conjuntos com ampliações de dimensões variadas de obras de todos os artistas, ora também alçados à condição de autores, tendo em vista que alguns deles apresenta livros de artista artesanais, além dos trabalhos fotográficos inéditos. 


Luciana Dal Ri. Série A Pequena Morte. 2010-2017.

“Procuro promover aproximações entre a literatura e a produção de imagens a partir da técnica fotográfica para que cada um dos alunos desenvolva sua ‘escrita’ individual e, por conseguinte, sua própria narrativa visual”, arremata Marcelo Greco ao ver seus alunos promoverem a iniciativa.

Grupo “DOKA_” e seus membros:
Reunidos sob o nome de “DOKA_”, os membros do grupo vêm de formações bastante heterogêneas. Alex Fernandez (1963) é fluminense, ex-membro das Forças Armadas, e desenvolve um trabalho em torno da representação do espaço na série “Souvenir”, com 9 fotografias. Ciça Calasans (1973) é baiana, diretora de arte, e na instalação e livro “Sobre.voo” expressa seus conflitos sobre o pertencimento e o desapego. Exibe também fotografias da série “Das Metades”. Luciana Dal Ri (1984), artista paranaense, expõe sua narrativa de sensações orgásticas em uma sanfona com 13 imagens chamada "A Pequena Morte”. Paola Vianna (1983) tem carreira em fotografia publicitária e exibe 10 obras da série “Entre
Chiens et Loups” [“Entre Cães e Lobos” em português], editada por Pierre Devin, sobre a vulnerabilidade da vida. Paula Carpi (1988) paulistana, recém-radicada em Florianópolis, fotógrafa de família, dá luz a série e livro “Frágil” com 11 obras, que retratam um momento íntimo de dor e amor. Re’gis de Gasperi (1974) é advogado inserido no mundo corporativo da tecnologia e tem na fotografia autoral seu equilíbrio de vida e mecanismo de leitura das relações. Exibe 8 fotos da série “70x7” e um recorte de 6 imagens de “Thereafter”. Selma Perez (1969) é roteirista e montadora de filmes e nos 13 trabalhos da série “Andar o Tempo” retrata um universo íntimo, que traz a tensão entre o desejo e a impossibilidade de reter o momento presente. E Vicente de Carvalho (1944), por fim, é médico psiquiatra e participa da coletiva com 5 obras da série “Vazante” e 4 de “Percursos”.

Serviço
Exposição: “DOKA_”, mostra coletiva de fotografia.
Datas e horários: 5 de setembro, terça-feira, das 19h30 às 22h. Em cartaz até 5 de outubro de 2017. De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h; sábados, das 11h às 17h.
Local: Galeria Virgilio | Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 426 – Pinheiros, São Paulo.
Entrada livre e gratuita.