AGENDA DAS ARTES

Voltar

Ambiental: Arte e movimento

Artistas: Vários

Curadoria: Cauê Alves e e Marcia Hirota

De 31/8 a 3/11

MuBE - Museu Brasileiro da Escultura e Ecologia Ver mapa

Endereço: Avenida Europa, 218 - Jarim Europa - São Paulo - SP CEP 01449-000

Telefone: 11 2594-2601

O Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia (MuBE) apresenta a mostra “Ambiental: arte e movimento” que terá sua abertura no dia 31 de agosto das 12h às 18h e fica em cartaz até 3 de novembro. 

A mostra tem curadoria de Cauê Alves,  curador chefe do Museu, e Marcia Hirota, diretora-executiva da Fundação SOS Mata Atlântica e reúne trabalhos de 22 artistas que variam entre desenhos, pinturas, fotografias e instalações e dialogam com temas de ecologia e meio ambiente. Além disso, haverá espaço na exposição para que organizações socioambientais possam apresentar ideias e ações.


Náufrago calado, Pedro Motta. Créditos: Divulgação

Entre os artistas que participam da mostra estão Alexandre da Cunha, Arthur Lescher, Brígida Baltar, Cláudia Jaguaribe, Dudi Maia Rosa, Luiz Zerbini, Pedro Motta e Rodrigo Bueno. As organizações  Fundação SOS Mata Atlântica, Greenpeace, Instituto Socioambiental (ISA), Fundação Pró-Tamar, Save-Brasil e WWF-Brasil realizam no dia da abertura e na tradicional feira dominical, na parte externa do museu, uma série de ações ao longo do período expositivo.

O objetivo central da exposição é fomentar o papel do Museu nos debates ambientais do país, em respeito a sua história. O MuBE é fruto da organização da sociedade civil, em pleno processo de abertura política no final da década de 1980, em defesa da qualidade de vida na cidade e da preservação do verde. "Temos enfatizado um olhar contemporâneo sobre a arte para ampliar o entendimento das pessoas sobre a ocupação do espaço e incorporando as expressões que dialogam com nosso ambiente", afirma Cauê Alves


Backlifht 200 x 180 cm  de Cláudia Jaguaribe. Créditos: Divulgação.

No mesmo ano em que o terreno que hoje é ocupado pelo MuBE foi desapropriado e cedido para a construção do museu, em 1986, foi criada a Fundação SOS Mata Atlântica. Foi um período em que a consciência ecológica e a luta pela democracia estava emergindo no país. "Nascemos do interesse genuíno de lutar por algo que é de todos e assim devemos nos manter, sempre respeitando as características e funções da natureza para nosso bem-estar. É importante que a sociedade entenda a importância dos movimentos socioambientais. Sempre colaboramos para o debate a partir de dados científicos, na formulação de estratégias relevantes e políticas públicas eficazes para toda a população", completa Marcia Hirota.

Serviço
“Ambiental: arte e movimento”
Datas e Horários: De 31/8 a 3/11 .De terça-feira a domingo, das 10h às 18h
Local: MuBE | Rua Alemanha, 221, Jardim Europa
Entrada livre e gratuita