Notícias

Voltar

SP-Arte/Foto - 12ª edição

SP-Arte/Foto chega à 12ª edição com estreia de novas galerias e intensa programação.

A SP-Arte/Foto irá movimentar o circuito durante o mês de agosto. Entre os dias 22 e 26, no JK Iguatemi, a feira recebe importantes galerias e registros dos mais renomados fotógrafos do Brasil e do mundo. Obras de fotógrafos como David LaChapelle, Mauro Restiffe, Rosângela Rennó e Vik Muniz são alguns dos destaques já confirmados Com o objetivo de estreitar os laços entre as obras expostas e os visitantes, a Feira contará também com uma programação que inclui atividades paralelas, entre visitas guiadas, circuito de ateliês abertos e ciclos de debates e palestras, o Talks. 

Cassio Vasconcellos. Título: "29 de maio de 2018".  2008-2018. 57 x 85 cm.  Crédito: Cassio Vasconcellos / Galeria Mario Cohen

A 12ª edição reúne 33 expositores. As galerias Emmathomas, Fortes D'Aloia & Gabriel, Gabriel Wickbold, MaPa, OMA, Silvia Cintra + Box4 e VilaNova estreiam na SP-Arte/Foto/2018. Após um hiato de quatro anos, a galeria Nara Roesler retorna ao evento. A essa seleção, juntam-se as veteranas Dan, Fólio, Lume, Mario Cohen, Marcelo Guarnieri, entre outras.

"Ao longo dos últimos anos, a SP-Arte/Foto tem se firmado como um dos mais relevantes eventos no Brasil voltados à fotografia, consolidando-se como o epicentro de uma celebração em torno desse campo da arte, que ganha holofotes em agosto", afirma Fernanda Feitosa, fundadora e diretora da SPArte/Foto, referindo-se também ao Dia Mundial da Fotografia, festejado no dia 19 do mesmo mês. "Cada vez mais, galerias e instituições têm se programado para oferecer ao público, justamente neste período, eventos e mostras que tomam a linguagem fotográfica como objeto de discussão e contemplação", completa. 

Paula Scamparini. Título: King's Pool II, da série "Verboten", 2014: Fotografia. Impressão em pigmento mineral sobre papel Metallic Glossy. 150 x 100 cm, 1/3. Crédito Galeria Aura.

Entre os destaques já confirmados, estão um conjunto de fotografias do americano David LaChapelle, apresentado pela Babel; uma série inédita da gaúcha Romy Pocztaruk, pela Zipper; e registros de Mauro Restiffe, Erika Verzutti e Luiz Roque pela Fortes D'Aloia & Gabriel. A Galeria Vermelho, por sua vez, traz séries de Rosangela Rennó e Marcelo Moschetta. A estreante MaPa apresenta ao público seu acervo de fotoclubismo e fotojornalismo vintage, produzido entre as décadas de 1940 e 1970, por nomes como Orlando Pilar Duarte, Ferenc Aszmann e José Lambert. 

João Farkas.Da série "Pantanal", 2018. Pigmento mineral sobre papel de algodão. 75 x 50 cm. Créditos: João Farkas / Galeria Marcelo Guarnieri

A SP-Arte/Foto traz ainda uma novidade: uma homenagem a German Lorca, um dos mais importantes nomes da fotografia brasileira. Aos 96 anos e prestes a ser protagonista de uma retrospectiva no Itaú Cultural, Lorca assina um ensaio inédito, produzido especialmente para a revista da SP-Arte/Foto/2018.  

Talks
A 12ª SP-Arte/Foto promove mais uma edição do Talks, ciclo gratuito de palestras para a discussão dos caminhos da prática fotográfica. No dia 23 de agosto, quinta-feira, o curador e historiador da arte colombiano Rodrigo Orrantia fala sobre os 50 anos do fatídico verão de 1968, destacando os reflexos desse momento na produção artística na América Latina. Em diálogo com Orrantia, o fotojornalista Evandro Teixeira traz um relato pessoal sobre os ecos desse movimento no Brasil e exibe seus registros históricos do período, produzidos durante sua passagem pelo Jornal do Brasil.


Alberto Ferreira. Pé ante pé, série "Brasília". 1960. Galeria Lume

Em seguida, o fotógrafo Gabriel Chaim e a repórter especial da Folha de S. Paulo Patrícia Campos Mello dialogam sobre os contratempos da cobertura jornalística em áreas de conflito. Finalizando o dia, o cineasta Walter Carvalho, herdeiro do Cinema Novo, reflete sobre as conexões entre a fotografia e a produção audiovisual brasileira, destacando ainda seus principais filmes e influências.

No dia 24 de agosto, a artista e fotógrafa carioca Claudia Jaguaribe conversa com Pierre Bessard, francês à frente da Editions Bessard, editora independente de livros baseada em Paris. Tomando o título Beijing Overshoot como ponto de partida, os dois tratam das especificidades do fotolivro como uma linguagem singular, com narrativa própria.

Malcolm Daniel, curador de fotografia do Museu de Belas Artes de Houston e ex-diretor curatorial do Metropolitan Museum of Art, de Nova York, é um dos convidados da mesa que encerra o segundo dia do ciclo de palestras. O norte-americano investiga como a manipulação de fotografias pode ser observada antes mesmo da era digital. Ao lado dele, a pesquisadora brasileira Fabiana Bruno discorre sobre a pós-fotografia, termo que diz respeito às mudanças sofridas pela fotografia após o advento de práticas digitais.

Ellen Von Unwerth. Freshly Bloomed (Bavária), 2015. Impressão digital em papel de algodão, 40x60cm. Créditos Galeria Mario Cohen

No sábado, 25, o Talks convida artistas para um bate-papo com o público. Conhecido pelos seus retratos emblemáticos, o fotógrafo Bob Wolfenson fala sobre os bastidores de sua carreira: processos criativos, desafios técnicos e narrativas por trás das imagens que produz – o artista inaugura na semana uma mostra retrospectiva no Espaço Cultural Porto Seguro. Destaque da 32ª Bienal de São Paulo, o alagoano Jonathas de Andrade comenta os desafios de fotografar na contemporaneidade e sua relação com outras mídias, como a videoarte.

O Talks ocorre nos três dias, sempre das 16h às 19h. A entrada é gratuita e o público interessado deve chegar trinta minutos antes para a retirada de senha. As vagas são limitadas e, no caso de palestrantes estrangeiros, haverá tradução simultânea para o português. Confira abaixo programação do Talks.

Ateliês:
Nino Cais, Simone Moraes, Ding Musa, Felipe Cama, Ivan Padovani e Thais Stoklos são alguns dos artistas que abrem seus ateliês para o público em um circuito que integra três espaços na Vila Madalena: Ateliê Fidalga, Fonte e Vão – Espaço independente de arte.

Como preparação à intensa programação que se segue, os estúdios permanecerão abertos no dia 18 de agosto, sábado anterior à Feira, das 17h às 22h. A ação foi pensada de modo a permitir um passeio a pé entre os espaços, localizados próximos uns dos outros.

Julia Kater. Malena, 2018. Recorte de fotografia impressa sobre papel algodão. 152 x 200 cm. Créditos SIM Galeria.

Na ocasião, o ateliê Fonte promoverá ainda um bate-papo em torno de residências artísticas, a partir das 18h. Participam do encontro Marcelo Amorim (Residência Fonte), Carla Chaim (Hermes Artes Visuais), Lourdina Rabieh e Lucila Mantovani (Kaaysá Art Residency), Roberto Unterladstaetter (Residência Kiosko, Bolívia), Albano Afonso, Ding Musa e Sandra Cinto (Residência Paulo Reis – Ateliê Fidalga) e Cinthia Mendonça (Silo – Arte e Latitude Rural).

Expositores:
Andrea Rehder Arte Contemporânea (São Paulo), Arte 57 – Renato Magalhães Gouvêa Jr. (São Paulo), Arte Hall Galeria de Arte (São Paulo), Arteedições Galeria(São Paulo), Aura Arte Contemporânea (São Paulo), Galeria de Babel (São Paulo, Miami), Casanova (São Paulo), Galeria da Gávea (Rio de Janeiro), Galeria da Gávea Vintage Photographies por Isabel Amado (Rio de Janeiro), Dan Galeria (São Paulo), Emmathomas (São Paulo), Fólio (São Paulo), Fortes D'Aloia & Gabriel (São Paulo, Rio de Janeiro), Fotô Editorial (São Paulo), Gabriel Wickbold Studio and Gallery (São Paulo), Galeria Inox (Rio de Janeiro), Instituto Mario Cravo Neto(Salvador), Janaina Torres Galeria (São Paulo), Galeria Lume (São Paulo), Editora e Livraria Madalena (São Paulo), Clube de Colecionadores de Fotografia do Museu de Arte Moderna de São Paulo (São Paulo), Mapa (São Paulo), Galeria Marcelo Guarnieri (São Paulo, Ribeirão Preto), Galeria Mario Cohen (São Paulo), Galeria Nara Roesler (São Paulo, Rio de Janeiro, Nova York), OMA Galeria (São Bernardo do Campo), Pinakotheke (Rio de Janeiro, São Paulo, Fortaleza), Silvia Cintra + Box 4(Rio de Janeiro), SIM Galeria (Curitiba e São Paulo), Taschen/Paisagem (Rio de Janeiro, São Paulo), Galeria Utópica (São Paulo), Vermelho (São Paulo), Galeria VilaNova (São Paulo), Zipper Galeria (São Paulo).

Serviço:
SP-Arte/Foto/2018
Preview: 22 de agosto (apenas para convidados), das 11h às 22h
Aberta ao público de quinta a sábado (23, 24 e 25), das 13h às 21h; e ao domingo (26), das 13h às 20h
*A entrada é gratuita e encerra 30 minutos antes do horário de fechamento da Feira
Shopping JK Iguatemi | 3º piso  Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2041 – Vila Olímpia, São Paulo, Brasil

Talks
23 de agosto
Evandro Teixeira e Rodrigo Orrantia | 16h às 17h
Gabriel Chaim e Patrícia Campos Mello |17h às 18h
Walter Carvalho | 18h às 19h

24 de agosto 
Claudia Jaguaribe e Pierre Bessard |16h às 17h30
Malcolm Daniel e Fabiana Bruno | 17h30 às 19h

25 de agosto 
Bob Wolfenson | 16h às 17h30
Jonathas de Andrade | 17h30 às 19h 
**As senhas devem ser retiradas trinta minutos antes do primeiro evento, às 15h30. Vagas limitadas; haverá tradução para o português.

Circuito de ateliês 
18 de agosto | 17h às 22h
Ateliê Fidalga | Rua Fidalga, 299
Vão – Espaço Independente de Arte | Rua Mourato Coelho, 787
Fonte*** | Rua Mourato Coelho, 787

*** Conversa sobre residências artísticas, das 18h às 20h

Assinatura de fotolivros
23 de agosto
18h às 19h
Floema, de Sonia Dias
Geografia dos sonhos, de Beth Barone

24 de agosto 
18h às 19h 
Tornaras, de Rodrigo Pinheiro 
Como está início depois do fim?, de Jordi Burch 
Hotel 66, de Lula Ricardi

19h às 20h 
Noites desperdiçadas, de Vitor Casemiro 
Luciara, de Henrique Carneiro 
Barbat, de Rafael Roncato

20h às 21h 
Imagens – Ocasiões, de Georges Didi-Huberman

25 de agosto 
16h às 17h 
Um dia seremos famosos, de Andressa Ce. 
Pagode russo, de Iatã Cannabrava 
Ecúme, de Isidora Gajic

17h às 18h 
Copo de luz, de Marcio Scavone

18h às 19h 
Santuário, de André Cunha 
60 anos do Fotojornalismo, de Sergio Jorge

19h às 20h 
Quase Escondido, de Vane Barini

Imagem do Carrocel: Cassio Vasconcelos. Galeria Mario Cohen