Notícias

Voltar

Instituto Tomie Ohtake abre inscrições para curso de história da arte

Movimentos artísticos da segunda metade do século XX são os temas centrais do curso

Instituto Tomie Ohtake (Divulgação)

O Instituto Tomie Ohtake abre inscrições para o curso “Uma imersão na história da arte, de 1950 a 1980”, ministrado pelo Núcleo de Pesquisa e Curadoria do Instituto, atualmente coordenado por Paulo Miyada e integrado por Luise Malmaceda, Priscyla Gomes, Carolina de Angelis e Theo Monteiro. Com vagas limitadas, duração de 3 meses e início programado para março de 2018, o curso propõe uma imersão pelos movimentos artísticos da segunda metade do século XX.

Através de aulas expositivas, seguidas de discussões, o curso pretende abordar aspectos e temas como artistas expoentes dos movimentos desse período, as exposições importantes e o contexto histórico e social no qual tais movimentos se inserem, formando assim um mapa das principais tendências por trás da arte contemporânea. O objetivo é oferecer aos alunos as linguagens e procedimentos recorrentes na arte de hoje e estimular a criação de um repertório crítico.

Sobre o Núcleo de Pesquisa e Curadoria do Instituto Tomie Ohtake
As principais funções do núcleo, formado em 2011, são auxiliar o desenvolvimento e realização das exposições programadas para o Instituto e realizar projetos de pesquisa e editoriais que visam aprofundar o entendimento da produção de arte contemporânea no Brasil nas últimas seis décadas.

Para saber mais e garantir sua vaga, clique aqui.

Serviço
Curso: “Uma imersão na história da Arte, de 1950 a 1980”.
Público-alvo: artistas, estudantes, pesquisadores, colecionadores e interessados em arte.
Duração: 3 meses (13 encontros)
Período: Entre 5 de março e 4 de junho de 2018.
Horário: Segundas-feiras, das 19h30 às 21h30.
Valor: 3 parcelas de R$400,00
30 vagas.