Notícias

Voltar

Crianças e jovens tomam as ruas de Heliópolis em performance urbana

Performance com cerca de 900 crianças marca o encerramento anual de projeto de arte-educação

No próximo dia 24, cerca de 900 crianças e adolescentes tomarão as ruas de Heliópolis, em São Paulo, em meio ao "Cortejo das Vidas Preciosas 2017", performance urbana que marca o encerramento anual do projeto de arte-educação Espetáculo da Terra©, criado em 2010, pela artista multidisciplinar Denise Milan. Representada pela Galeria Lume, a artista assina a direção geral do espetáculo, que chega agora a sua oitava edição.

Edição de 2016 do Cortejo das Vidas Preciosas. Foto: Divulgação

A apresentação trata da formação de minerais e rochas, a partir da representação das forças de transformação e criação no planeta, integrando arte e ciência. Pela primeira vez, a apresentação, que une dança, música e interpretação, contará ainda com a participação de 32 bailarinos da São Paulo Companhia de Dança.

Além do tradicional cortejo das crianças, que percorrem os caminhos da comunidade fantasiadas com uma série de adereços e alegorias criadas por elas ao longo de todo o ano, os jovens farão uma apresentação de enceramento no Centro Educacional Unificado (CEU) Professora Arlete Persoli - uma performance coletiva dirigida pelo Avante o Coletivo, que assina a direção musical do espetáculo ao lado da musicista Badi Assad. O coletivo, inclusive, aproveitará o ensejo para lançar o álbum Vidas Preciosas em Heliópolis.

Cortejo das Vidas Preciosas tem ainda apoio da UNAS (União de Núcleos, Associações dos Moradores de Heliópolis e Região), direção de dança de Inês Bogéa e coreografias de Mônica Monteiro. As composições originais da apresentação são de Clarice Assad, Badi Assad, Carlinhos Antunes e André Mehmari, concebidas para a Ópera das Pedras, espetáculo que Denise Milan estreou em 2007.

Os valores contemporâneos e o projeto de arte-educação Espetáculo da Terra©
Denise Milan tem uma visão: as pedras são metáforas para as transformações que ocorrem nas vidas humanas. É em cima dessa visão que ela vem construindo sua arte desde 1986. "O quartzo é para mim a metáfora de uma possibilidade de diálogo porque está presente em setenta por cento da Terra, é parte da nossa identidade planetária comum."

Com uma abordagem interdisciplinar, esse trabalho de Denise Milan, uma das artistas pioneiras em arte-educação e arte pública no Brasil, surge no momento em que o mundo se debruça sobre as questões de meio ambiente e a necessidade urgente dos homens se posicionarem de forma diferente em relação à Natureza. Para Denise, como seres humanos precisamos voltar a nos sentir parte da Natureza, ouvir novamente sua voz e prestar atenção na sabedoria que ela nos transmite. A proposta do Espetáculo da Terra e sua analogia entre o mundo mineral e o mundo humano é usar a arte para ajudar crianças e adolescentes a refletirem sobre esses valores da contemporaneidade e exercitarem a escuta das vozes que vem da Terra.

O projeto de arte-educação Espetáculo da Terra©
O projeto Espetáculo da Terra© teve início há sete anos por iniciativa de Denise Milan e sua equipe em comunidades de São Paulo. Já atingiu cerca de 6 mil alunos e contou com o apoio de acadêmicos, músicos, cantores, atores, coletivos culturais, editora Saraiva e de instituições culturais, como o Sesc. Envolve atividades de formação de educadores, de conceituação e práticas criativas com as crianças e adolescentes e culmina com uma grande celebração dos aprendizados e criações artísticas - a performance de rua Cortejo das Vidas Preciosas.

Nas palavras da artista-criadora Denise Milan: "A consciência de ser uma vida preciosa é o caminho para estruturar o próprio destino e renascer, deixar o estado periférico de existir e fazer parte de um todo. O projeto proporciona esse potencial a São Paulo e pode ser aplicado em outras comunidades visando essa integração do indivíduo com a cidade".

Serviço
Cortejo das Vidas Preciosas 2017
Data: 24 de novembro
Local de partida: Centro para Crianças e Adolescentes (CCA) de Heliópolis, localizado na rua Coronel Silva Castro
Horário: 13h30
Local de encerramento: CEU Profª Arlete Persoli, na Estrada das Lágrimas, 2385
Horário: 15h