Notícias

Voltar

Arte contemporânea no Inhotim

A série de apresentação do Instituto Inhotim, localizado em Brumadinho, a 60km de Belo Horizonte (MG), continua essa semana. E não teria como não destacar um dos principais atrativos do maior museu a céu aberto do mundo: o seu acervo de arte contemporânea. O Inhotim é a única instituição brasileira que exibe continuamente um acervo de excelência internacional de arte contemporânea. Então programe-se e visite o instituto durante os muitos feriados que se aproximam junto com os meses de sol e calor que chegam com a primavera.

Valeska Soares (Foto: InfoArtSP)

O Instituto abriga um complexo museológico com uma série de pavilhões e galerias com obras de arte e esculturas expostas ao ar livre. O público aproxima-se assim de um relevante conjunto de obras, produzidas por artistas de diferentes partes do mundo, refletindo de forma atual sobre as questões da contemporaneidade. Pinturas, esculturas, desenhos, fotografias, vídeos e instalações de mais de 250 renomados artistas brasileiros e estrangeiros, de 30 diferentes países, formam a coleção do Instituto Inhotim. De um acervo com cerca de 1.300 obras, 700 encontram-se em exposição atualmente. Produzidos nacional e internacionalmente desde os anos 1960 até os dias atuais, estão dispostos ao ar livre no Jardim Botânico do Inhotim ou exibidos em galerias.

Tunga - True rouge (Foto: InfoArtSP)

Das 23 galerias, quatro são dedicadas a exposições temporárias: Lago, Fonte, Praça e Mata. Com aproximadamente 1.000 m² cada, contam com grandes vãos que permitem aproveitamento versátil dos espaços para apresentação de obras de vídeo, instalação, pintura ou escultura. Anualmente são inauguradas novas mostras nesses espaços para apresentar aquisições do Instituto e criar reinterpretações da coleção. Além disso, projetos individuais de artistas são abertos frequentemente, fazendo do Inhotim um lugar em constante evolução.

As 19 galerias permanentes apresentam obras de Tunga, Cildo Meireles, Miguel Rio Branco, Hélio Oiticica & Neville d’Almeida, Adriana Varejão, Doris Salcedo, Victor Grippo, Matthew Barney, Rivane Neuenschwander, Valeska Soares, Doug Aitken, Marilá Dardot, Lygia Pape, Carlos Garaicoa, Carroll Dunham, Cristina Iglesias, William Kentridge e Claudia Andujar.

O museu promove bienalmente novas mostras artísticas que possibilitam a sua constante evolução cultural, movimentação de público e reconhecimento internacional. Confira imagens de obras contemporâneas no Instituto Inhotim:

Cildo Meireles no Inhotim (Foto: InfoArtSP)

Mathew Barney no Inhotim (Foto: InfoArtSP)

Olafur Eliasson no Inhotim (Foto: InfoArtSP)

Adriana Varejão no Inhotim (Foto: InfoArtSP)

Chris Burden no Inhotim (Foto: InfoArtSP)

Luiz Zerbini no Inhotim (Foto: InfoArtSP)

Saiba mais sobre o Instituto Inhotim.