Notícias

Voltar

agenda aberturas da semana - 04/04

Confira as exposições que abrem nesta semana! Lembrando que de quinta-feira (07) a domingo (10) acontece a SP-Arte. As galerias Raquel Arnaud, Baró, Luisa Strina, Lume e Casa Triângulo, que têm aberturas ao longo da semana, estarão participando da feira.

ARRANJO
ARTISTAS: ELIZABETH JOBIM
DE 4/4 A 28/5
GALERIA RAQUEL ARNAUD

A Galeria Raquel Arnaud inaugura mostras simultâneas com duas artistas que participaram da icônica exposição "Como vai você, Geração 80?", realizada em 1984, na Escola de Artes do Parque do Lage, no Rio de Janeiro. O térreo do espaço recebe "Arranjo", de Elizabeth Jobim, que volta à galeria depois de sete anos. Já no primeiro piso com "Fausto", Ester Grinspum faz sua estreia no time de artistas da marchand Raquel Arnaud. Ambas as mostras possuem entrada franca e ficam em cartaz entre os dias 4 de abril e 28 de maio de 2016. Saiba mais

Elizabeth Jobim, Exposição Arranjos (Divulgação)

PISHO XODÔ
ARTISTAS: VÁRIOS
DE 5/4 A 1/5
CASA DAS ROSAS

O shodô – prática da caligrafia japonesa – é considerado uma das artes mais tradicionais na forma de escrita. A pichação sempre foi diferenciada do grafite e sua imagem ligada ao lado transgressor da arte urbana. A Casa das Rosas uniu o potencial dessas duas formas de linguagens e traz para seu público, entre os dias 5 de abril e 1º de maio de 2016, a mostra "Pisho xodô – a escrita como ato". Saiba mais

Pisho Xodô permanece em cartaz até 1º de maio de 2016 (Divulgação)

A FUGA
ARTISTAS: NORBERT BISKY
DE 5/4 A 7/5
BARÓ GALERIA (JARDINS)

A Baró Galeria apresenta em seu espaço no bairro do Jardins, entre os dias 5 de abril e 7 de maio de 2016, mostra individual do artista alemão Norbert Bisky. Em “A Fuga”, o artista traz influências do Manifesto Antropófago, do escritor brasileiro Oswald de Andrade - obra que alega que o contato com diferentes culturas pode levar a algo completamente novo – e com base nisto, indaga se fechar as fronteiras, como tem acontecido com os sírios na Europa, não seria o fim do “novo” e do “interessante”. Saiba mais

Norbert Bisky, A Chegada, 2016 - óleo sobre tela, edição única, 130 x 110 cm (Divulgação/Cortesia Baró Galeria)

INDIVIDUAL - CAETANO DE ALMEIDA
ARTISTAS: CAETANO DE ALMEIDA
DE 5/4 A 21/5
GALERIA LUISA STRINA

A Galeria Luisa Strina apresenta a exposição individual de Caetano de Almeida, do dia 5 de abril ao dia 21 de maio de 2016, com entrada franca. Após quatro anos sem expor suas obras em São Paulo, o artista apresenta um desenho e novas pinturas. Simultaneamente, a galeria apresenta a mostra "Palm Line Clock Hand", do colombiano Mateo López. Saiba mais

A mostra permanece em cartaz até 21 de maio de 2016 (Créditos: Edouard Fraipont/Cortesia Galeria Luisa Strina)

GEOMETRIA INVERTIDA
ARTISTAS: LUIZ HERMANO
CURADORIA: PAULO KASSAB JR.
DE 5/4 A 7/5
GALERIA LUME

A Galeria Lume inaugura a mostra "Geometria Invertida", primeira exposição individual do artista plástico Luiz Hermano em seu espaço, com 16 obras de sua série homônima, inédita e curadoria de Paulo Kassab Jr., onde “o artista analisa a geometria na arte, invertendo seus conceitos e percepções”, define o curador. Trabalhos com formas mais limpas, desprovidos de intervenções pictóricas, iniciam a fase “branca”, onde a inexistencia da cor o branco influi na questão ótica. Saiba mais

Luiz Hermano, Quartzo, 2016 - alumínio soldado, 187 x 80 x 80 cm (Divulgação) 

COMPOSIÇÕES
ARTISTAS: DARÍO ESCOBAR
DE 5/4 A 7/5
CASA TRIÂNGULO 

A Casa Triângulo recebe a exposição "Composições", de Darío Escobar, entre os dias 5 de abril e 7 de maio de 2016, com entrada franca. A palavra “composição” possui uma carga particular no campo das artes visuais. Alguns espectadores podem associar o termo à produção de John Cage e às pesquisas de sound art que convidam o público a uma fruição do som como elemento estético gerador de sensações e imagens mentais. Já outras pessoas acharão difícil não associar o termo a algumas das obras mais famosas de Kandinsky, dadas a partir de sua relação entre a música e a pintura e cujos resultados são considerados alguns dos primeiros exemplos da arte abstrata. Saiba mais

Darío Escobar, Modular Construction No.7, 2015 - madeira, pigmentos e metal, edição única, 100 x 162 x 9 cm. (Foto: Gustavo Sapón/Cortesia Casa Triângulo)

HISTÓRIAS DA INFÂNCIA
ARTISTAS: VÁRIOS
CURADORIA: ADRIANO PEDROSA, FERNANDO OLIVA E LILIA SCHWARCZ
DE 7/4 A 31/7
MASP - MUSEU DE ARTE DE SÃO PAULO ASSIS CHATEAUBRIAND

O MASP inaugura, no dia 7 de abril, a exposição "Histórias da infância", que reúne múltiplas e diversas representações da infância de diferentes períodos, territórios e escolas, da arte africana e asiática à brasileira, cusquenha e europeia, incluindo arte sacra, barroca, acadêmica, moderna, contemporânea, e a chamada arte popular, bem como desenhos feitos por crianças, posicionados no mesmo espaço, ao lado das demais obras. Saiba mais

Milton Guran, Escola Kayapó, aldeia Djetuktire, 1991 - fotografia em gelatina/prata tonalizada, 23,8 x 30,3 cm (Acervo MASP)

TEIAS E TRAMAS
ARTISTAS: ISIDORA GAJIC
CURADORIA: MIGUEL RIO BRANCO
DE 8/4 A 13/5
GABRIEL WICKBOLD STUDIO & GALLERY

A Gabriel Wickbold Studio & Gallery expõe 32 obras da fotografa sérvia Isidora Gajic na mostra "Teias e Tramas", com curadoria de Miguel Rio Branco, onde o tempo é o fio condutor, a conexão entre os elementos e suas construções. Nesta série, a escrita e as imagens, juntas, criam outros entendimentos, composições fluídas além da descrição, atingindo outra densidade. Na poética presente, o mar vira lâmina de chumbo, a neve transforma-se em luz celestial, permitindo que as portas da imaginação se abram para outras dimensões, além do que consideramos realidade. A mostra permanece em cartaz entre os dias 8 de abril e 13 de maio de 2016. Saiba mais

Isidora Gajic, Pesadelo dos Beija-Flores - fotografia, 49 x 65cm (Divulgação)