AGENDA DAS ARTES

Voltar

with history in a room filled with people with funny names 4

Artistas: Korakrit Arunanondchai

Curadoria: -

De 14/8 a 14/9

Galeria Jaqueline Martins Ver mapa

Endereço: R. Dr. Cesário Mota Júnior, 443 - Vila Buarque

Telefone: (11) 2628-1943

Entre os dias 14 de agosto e 14 de setembro de 2019, a Galeria Jaqueline Martins apresenta a videoinstalação "with history in a room filled with people with funny names 4", do artista tailandês Korakrit Arunanondchai. A mostra acontece simultaneamente à participação do artista na 58a Bienal de Veneza. A apresentação é a segunda etapa de um projeto compartilhado com a galeria Carlos/Ishikawa, de Londres, que no início do mês recebeu uma exposição de Ana Mazzei, artista representada pela Galeria Jaqueline Martins. A entrada é gratuita

A videoinstalação permanece em exibição até 14 de setembro de 2019. Cortesia Galeria Jaqueline Martins e Carlos/Ishikawa.

Artista visual e cineasta, Korakrit Arunanondchai (Bangkok, 1986) vem ganhando fama internacional ao utilizar-se de diversas mídias para contar histórias que com frequência questionam nossa relação com o hibridismo cultural que tenciona a sociedade contemporânea. Dentro desta pesquisa, o artista desenvolve trabalhos que unem ficção e realidade, oferecendo ao observador instalações e vídeos sinestésicos protagonizados tanto por amigos e familiares do artista, quanto por personagens e mitos do imaginário oriental.

A videoinstalação apresentada na exposição, "with history in a room filled with people with funny names 4", trás ao público homenagens e questionamentos ligados ao poder do tempo e da memória humana. Utilizando-se de cenas que combinam documentário e especulação autoral, o artista aborda a crescente contradição entre a subjetividade necessária para contextualizar as imagens que compõe nossa memoria e a racionalidade da tecnologia que criamos para armazena-la. O que acontece com nossas memórias quando são guardadas em máquinas impessoais? Poderiam elas ganhar novas significados, influenciados pela tecnologia que as protege? 

Imagem, memória e tecnologia são abordadas na obra de Arunanondchai. Cortesia Galeria Jaqueline Martins e Carlos/Ishikawa.

Ao longo do vídeo, uma atmosfera de sonho mostra o artista acompanhado por animais e visitando reservas naturais e templos budistas. Apesar de retratados com frequência, espaços religiosos aparecem aqui mais como templos de um suposto falso moralismo do que como casas de salvação. Clipes de recentes manifestações políticas também são mostrados pelo artista. Nestes momentos de tensão, tendemos a retornar aos nossos corpos, à experiência urgente do presente. Todos estes espaços e elementos contribuem para que o vídeo tenha uma temporalidade vaga e incerta, questionando a contagem de tempo rígida e burocrática que compartilhamos como sociedade produtiva.

O trabalho de Arunanondchai participa este ano da 58a Bienal de Veneza, assim como da Whitney Biennial em Nova York e da Bienal de Singapura. O artista participa também de importantes exposições institucionais na Secession, Viena, e no Hamburger Banhoff, Berlim.

A mostra é a segunda etapa de um projeto compartilhado com a galeria Carlos/Ishikawa, de Londres. Cortesia Galeria Jaqueline Martins e Carlos/Ishikawa.

Serviço
"with history in a room filled with people with funny names 4", vídeoinstalação de Korakrit Arunanondchai.
Datas e horários: Abertura dia 14 de agosto de 2019, das 17h às 21h. Em cartaz até 14 de setembro de 2019. De terça a sexta-feira, das 10h às 19h; sábado, das 12h às 17h.
Local: Galeria Jaqueline Martins | Rua Dr. Cesário Mota Junior, 433 - Vila Buarque, São Paulo.
Entrada gratuita.