AGENDA DAS ARTES

Voltar

Penumbra

Artistas: Angelo Venosa

Curadoria: Vanda Klabin

De 9/2 a 16/3

Galeria Nara Roesler Ver mapa

Endereço: Avenida Europa, 655 - Jardins

Telefone: (11) 3063-2344

A Galeria Nara Roesler recebe, a partir do dia 9 de fevereiro, a mostra "Penumbra", individual de Angelo Venosa, um dos principais expoentes do cenário cultural contemporâneo, com curadoria de Vanda Klabin. Trazendo um recorte da grande mostra apresentada em Vila Velha/ES em 2018, "Penumbra" exibe uma série de trabalhos do artista em que as formas se mostram em um intenso contraste de luz e sombra. Segundo a curadora, a inclusão das sombras abre um campo de possibilidades e articula a percepção das obras, que habitam um universo permeado pela artesania e pela tecnologia digital, já familiares à lógica do artista. A exposição permanece em cartaz até 16 de março de 2019, com entrada livre e gratuita. No dia de abertura da exposição, às 12h, o artista e a curadora participam de uma conversa com o público.

Angelo Venosa, Sem título, 2018. Madeira, 320 x 150 x 130 cm. Foto: © Felipe Amarelo.

Um dos poucos artistas dedicado à escultura egresso da Geração 80, cuja tônica era a pintura, o paulistano radicado no Rio de Janeiro, Venosa, apresenta na galeria paulistana oito esculturas. Dessas, seis são provenientes da exposição no museu capixaba, enquanto as outras duas, ainda que produzidas em 2017, serão exibidas pela primeira vez.

A mostra reúne obras produzidas em materiais como bronze, madeira, tecido e fibra de vidro que exploram áreas cheias e vazias, criando formas que adquirem inesperada plasticidade. As esculturas formam com a sombra produzida pela iluminação incidente um corpo enigmático e, juntas, constroem particular atmosfera onírica. “A inclusão real da sombra abre um espaço possível, articula a nossa percepção, os nossos modos de ver, e essa simultaneidade de acontecimentos que segmenta um novo território parece sonegar a verdade do olho e possibilita uma grande variedade de acessos a uma realidade cifrada”, afirma a curadora.

Angelo Venosa, Sem título, 2018. Madeira, tecido e fibra de vidro, 300 x 90 x 65 cm. Foto: © Felipe Amarelo.

Segundo Klabin, ainda, a nova série de trabalhos de Angelo Venosa desperta muitas desconcertantes indagações. “O agenciamento de outros materiais para construir um novo continente de trabalho vai presidir a criação de um núcleo de obras envoltas em incidências luminosas que se desenvolve numa turbulência interna, em que as formas oscilam e tomam posição, no sentido de multiplicar os planos, criar uma ambiguidade espacial”.

“Submersas nas sombras, as formas se irradiam; a imagem real e suas nervuras tendem a se prolongar além dos limites da forma original, suas saliências e reentrâncias se agigantam, assentam-se nas paredes, adquirem desenvolvimento volumétrico e convergem para materializar o espaço nas áreas negras mais intensas”, acrescenta Klabin no texto que acompanha a exposição.

Angelo Venosa, Sem título, 2018. Madeira, 320 x 150 x 130 cm. Foto: © Felipe Amarelo.

Serviço
Exposição: "Penumbra", de Angelo Venosa, com curadoria de Vanda Klabin.
Datas e horários: Abertura dia 9 de fevereiro, sábado, às 11h. Em cartaz até 16 de março de 2019. De terça a sexta-feira, das 10h às 19h; sábados, das 11h às 18h.
Conversa com o artista e a curadora no dia de abertura, às 12h.
Local: Galeria Nara Roesler | Avenida Europa, 655 - Jd. Europa, São Paulo.
Entrada livre e gratuita.