AGENDA DAS ARTES

Voltar

Derivações para uma mártir

Artistas: Bruna Alcântara

Curadoria: Michele Micheletto

De 19/2 a 30/3

Oficina Cultural Alfredo Volpi Ver mapa

Endereço: Rua Américo Salvador Novelli, 416 - Itaquera

Telefone: (11) 2205-5180 | 2056-5028

A Oficina Cultural Alfredo Volpi apresenta, entre 19 de fevereiro e 30 de março de 2019, a exposição "Derivações para uma mártir", com 48 trabalhos da artista visual Bruna Alcântara que focam em assuntos como maternidade, feminismo, assédio, abuso sexual, entre outros temas relacionados às mulheres. A artista utiliza técnicas de bordado em fotografias, além de colagens e vídeos para compartilhar com o público suas indagações e pontos de vista. Com curadoria de Michele Micheletto, a mostra é composta tanto por trabalhos inéditos, como a obra que propõe uma interação com o público, Parem de Nos Matar, quanto por obras já expostas em Portugal, Curitiba e em São Paulo. A entrada é livre e gratuita.

A mostra "Derivações de uma mártir" permanece em cartaz na Oficina Cultural Alfredo Volpi até março de 2019. Foto: Vitor Miranda.

Para comemorar o mês da mulher, além da mostra de Bruna Alcântara, a Oficina Cultural Alfredo Volpi realiza outras atividades pensadas para discutir e refletir sobre questões de gênero: uma oficina de bordado poético e exibição de documentário. As atividades são gratuitas, mas para participar da oficina é necessário se inscrever pessoalmente na Oficina Cultural gerenciada pela Poiesis.

O bordado é um trabalho manual ligado historicamente às mulheres e, muitas vezes, visto como técnica artesanal e não artística. Pensando nessa ligação entre bordado e feminino, o Núcleo de Estudos em Corporeidades Negras apresenta a oficina "Mulheres rendeiras – vivências de bordado e poesia", que convida o público a criar estandartes poéticos a partir das histórias, memórias e referências das mulheres no Cangaço. A atividade acontece dia 23 de março, sábado, às 14h.

O Núcleo também promove na quinta-feira, dia 21 de março, às 19h, a atividade "Girança com as mestras". No encontro é exibido o documentário de 15 anos do Grupo Batekerê, seguido de um bate-papo sobre arte, educação e estratégias de resistências com as mestras Angelina Camilo, Maria da Graça e Marlene Santana, mais conhecidas como Pretas Bás, gestoras do Espaço Adebanke, localizado em Artur Alvim e a Mestra Soraia Aparecida, fundadora da Cia Lelê de Oyá, sediada em Itaquera. A mediação será feita pela assistente social Daiane Ferreira, articuladora e mobilizadora social do Projeto Varre Vila e moradora da Comunidade Santa Inês.

A entrada na exposição é livre para todas as idades e gratuita. Foto: Vitor Miranda.

Serviço
Exposição: "Derivações para uma mártir", de Bruna Alcântara com curadoria de Michele Micheletto.
Datas e horários: De 19 de fevereiro a 30 de março de 2019. De terça  a sexta-feira, das 10h às 22h; sábado, das 10h às 18h.
Local: Oficina Cultural Alfredo Volpi | Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera, São Paulo.
Entrada livre e gratuita.

Atividade: "Girança com as mestras"
Data e horários: Dia 21 de março, quinta-feira, das 19h às 21h30.
Atividade gratuita sem necessidade de inscrição.
Atividade: "Mulheres rendeiras – vivências de bordado e poesia"
Data e horário: Dia 23 de março, sábado, das 14h às 17h.
Inscrições gratuitas na recepção da unidade entre 5 e 22/3.