AGENDA DAS ARTES

Voltar

Agora somos todxs negrxs?

Artistas: Vários

Curadoria: Daniel Lima

De 31/8 a 16/12

Galpão VB Ver mapa

Endereço: Av. Imperatriz Leopoldina, 1150 - Vila Leopoldina

Telefone: (11) 3645-0516

"Agora somos todxs negrxs?", inaugura em 31 de agosto no Galpão VB, e é a primeira exposição a reunir a jovem produção negra brasileira a artistas consagrados. A mostra segue em cartaz até 16 de dezembro, com entrada livre e gratuita.

Com curadoria de Daniel Lima, a mostra conta com 15 artistas nascidos, em sua maioria, nas três últimas décadas do século 20. Trabalhando com frequência na interseção entre as questões raciais e de gênero, elas e eles mostram mais de 20 obras (entre vídeos, fotografias, desenhos, esculturas, instalações e performances) que refletem o amadurecimento da discussão sobre as identidades e negritudes no Brasil – marcada, nos últimos anos, pela pluralidade e pelo crescente protagonismo do feminismo negro e do transfeminismo nas lutas sociais e estéticas.


Merci Beaucoup, blanco | Musa Michelle Mattiuzzi.

A inspiração para o título da exposição é o Artigo 14 da Constituição do Haiti, de 1805, que reestruturou as leis do país a partir da única revolta escrava que tomou o poder na América. Nas palavras de Daniel Lima, a retomada do enunciado haitiano “aponta para uma nova situação política, na qual lutamos, em cada prática artística individual e coletiva, pela expressão de uma voz historicamente silenciada”. A mostra pretende colocar em perspectiva o papel de negras e negros na sociedade brasileira, reelaborando símbolos da história nacional.

Ao longo de todo o período da exposição estão programadas diversas atividades abertas ao público, como encontros e debates com o curador, artistas e pensadores negras e negros, além de apresentações e performances de coletivos de artistas. As ações têm como objetivo ampliar o repertório mobilizado na exposição, contribuindo para a elaboração de novas formas de militância política e estética. 


O samba do crioulo doido | Luiz de Abreu.

"Agora somos todxs negrxs?" é parte de um trabalho contínuo do Videobrasil, que há mais de três décadas busca lançar luz sobre temas, artistas e práticas muitas vezes negligenciados pelo mundo das artes. A mostra encerra a programação de 2017 do Galpão VB, que tem buscado refletir sobre as relações entre arte e política. A partir de 3 de outubro, desdobramentos dessas questões ganharão destaque também no 20º Festival de Arte Contemporânea Sesc_Videobrasil, que trará a São Paulo as cosmovisões e as lutas políticas e estéticas de 50 artistas oriundos de 25 países do Sul Global.

Sobre o curador
Daniel Lima é bacharel em artes plásticas pela Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP), mestre em psicologia clínica pelo Núcleo de Estudos da Subjetividade da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e doutorando em meios e processos audiovisuais pela ECA-USP. Desde 2001 cria intervenções e interferências no espaço urbano. Próximo de trabalhos coletivos, desenvolve pesquisas relacionadas a mídia, questões raciais e processos educacionais. Membro fundador dos coletivos A Revolução Não Será Televisionada, Política do Impossível e Frente 3 de Fevereiro. Dirige a produtora e editora Invisíveis Produções.

Programas Públicos
Abertura com Ana Lira e Dalton Paula
Mediação: Daniel Lima
31/08 (QUINTA), 19H ÀS 22H
Debate com Ana Lira e Dalton Paula, com mediação de Daniel Lima.

ZAP
Com Claudinei Roberto, Dj Eugênio Lima e Grupo Legítima Defesa
Mediação: Daniel Lima
16/09 (SÁBADO), 14H ÀS 18H
O ZAP – Zona Autônoma da Palavra reúne poetas, MCs e escritores para disputar, mensalmente, um campeonato de poesia falada. O júri, formado pelo público, escolhe o melhor slammer, poeta-competidor que concorre ao prêmio de poeta do ano.
O programa inclui performance musical com discotecagem do DJ Eugênio Lima; debate com Claudinei Roberto e convidados, mediado por Daniel Lima; e participação do Grupo Legítima Defesa.

AFRO-T
Com Moisés Patrício, Frente 3 de Fevereiro e AFRO-T
Mediação: Daniel Lima
14/10 (SÁBADO), 14H ÀS 18H
O AfroTranscendence nasceu em 2015 como um programa de imersão em processos criativos para promover a cultura afro-brasileira contemporânea, tendo como prática a constante experimentação na construção de um espaço e um conceito em trânsito para imersão entre os tempos. O programa inclui performance musical; debate com Moisés Patrício e Frente 3 de Fevereiro, mediado por Daniel Lima; e roda de conversas com o Afro-T.

EXPLODE!
Com Jaime Lauriano e Thiago de Paula
Mediação: Daniel Lima
18/11 (SÁBADO), 14H ÀS 18H
Explode! é uma plataforma que pesquisa e experimenta noções de gênero, raça e classe baseada em práticas artísticas e culturais socialmente entendidas como periféricas, cruzando também os campos da pedagogia e da justiça social. Com uma rede nacional e internacional de colaboradores, é representada pelos artistas, pesquisadores e curadores Cláudio Bueno e João Simões.
O programa inclui debate com Jaime Lauriano e Thiago de Paula, mediado por Daniel Lima.

VCA ABDOULAYE KONATÉ
16/12 (SÁBADO), 15H ÀS 18H
Exibição do documentário integrante do título a ser lançado pelo selo Videobrasil Coleção de Autores, que reúne o pensamento e o processo de trabalho de artistas contemporâneos de relevo na cena internacional.

Serviço
Exposição: "Agora somos todxs negrxs?", coletiva com curadoria de Daniel Lima.
Datas e horários: Abertura dia 31 de agosto, às 19h. Em cartaz até 16 de dezembro de 2017. De quarta a segunda-feira, das 13h às 19h; terça-feira, das 13h às 21h.
Local: Galpão VB | Av. Imperatriz Leopoldina, 1.150 - Vila Leopoldina, São Paulo.
Entrada livre e gratuita.