AGENDA DAS ARTES

Voltar

34° Panorama da Arte Brasileira

Artistas: Vários

Curadoria: Aracy Amaral

De 3/10 a 10/2

MAM - Museu de Arte Moderna Ver mapa

Endereço: Parque Ibirapuera, Portão 3 - Ibirapuera

Telefone: (11) 5085-1300

Entre os dias 3 outubro e 10 de fevereiro de 2016, o MAM (Museu de Arte Moderna de São Paulo) recebe o 34º "Panorama da Arte Brasileira - da pedra da terra daqui", uma mostra bienal com foco em artefatos arqueológicos pré-coloniais, referências históricas e obras exclusivas. O Panorama tem curadoria de Aracy Amaral, curadoria-adjunta de Paulo Miyada e consultoria do arqueólogo e professor André Prous.

Neste ano, o mote da mostra bienal da instituição são as manifestações artísticas tridimensionais de que se tem notícia, produzidas entre 4.000 e 1.000 anos A.C., no território que hoje é o Brasil, assim como o diálogo dessa produção com as criações nacionais contemporâneas. Para traçar esse paralelo entre as esculturas pré-históricas e propor um diálogo atual, seis artistas foram convidados a realizar trabalhos exclusivos e inéditos em diferentes suportes. Berna Reale, Cao Guimarães, Cildo Meireles, Erika Verzutti, Miguel Rio Branco e Pitágoras Lopes - artistas de gerações e regiões diferentes e com pesquisas artísticas contrastantes - apresentam suas obras ao lado de cerca de 60 esculturas líticas em pedra polida, esculpidas milhares de anos antes da chegada dos europeus e encontradas no território litorâneo, e exibidas pela primeira vez numa grande exposição, que une o presente e o passado e aguça a discussão sobre a arte nacional.

A ideia dos curadores é trabalhar questões de território, paisagem e passagem do tempo, fazendo com que as esculturas arqueológicas atuem como núcleo condutor da exposição. Os artistas exercem o papel de interlocutores da ancestralidade ao mostrar a relação estabelecida entre passado e presente por meio das obras elaboradas para a mostra e feitas em diferentes suportes como vídeos, esculturas, fotografias, pinturas e instalações. O resultado revela um conteúdo visceral, telúrico e eventual afinidade com os artefatos pré-históricos. “As preciosidades da nossa remota antiguidade são de indiscutível perícia técnica, inventividade formal e coesão estilística e cultural”, explica a curadora Aracy Amaral.

Pitágoras Lopes, Sem titulo, 2015 / Foto: Paulo Rezende

Pitágoras Lopes, Sem titulo, 2015 / Foto: Paulo Rezende

Érika Verzutti, Cemitério com Franja, 2014 / Foto: Sebastiano Pellion di Persano

Berna Reale, Habitus, 2015 / Foto: Manuella Reale

Cildo Meireles, Mutações geográficas, fronteira vertical, 1969-2015 / Foto: Edouard Fraipont

Tubarão, peça lítica, Instituto de Ciências Humanas da UFPel / Foto: Rômulo Fialdini

 

serviço
Exposição: 34º "Panorama da Arte Brasileira - da pedra da terra daqui", com curadoria de Aracy Amaral; curadoria adjunta de Paulo Miyada e consultoria de André Prous.
Datas e horários: abertura dia 3 de outubro, a partir das 11h. Em cartaz até 18 de dezembro de 2015. De terça a domingo, das 10h às 17h30 (com permanência até as 18h).
Local: Museu de Arte Moderna de São Paulo - MAM-SP | Parque do Ibirapuera, Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº - Portão 3
Entrada: R$ 6,00 - gratuita aos domingos.