AGENDA DAS ARTES

Voltar

1900 – Evidências Fotográficas do início do Século

Artistas: Varios

Curadoria: -

De 9/8 a 29/8

Doc Galeria Ver mapa

Endereço: Rua Aspicuelta, 662 - Vila Madalena

Telefone: (11) 3938-0130

DOC Galeria apresenta, a partir do dia 09 de agosto, duas coleções que tratam a fotografia sob diferentes pontos de vista. A primeira oferece um panorama sobre a fotografia no início do século XX, a partir de cartões postais endereçados para uma pessoa em Recife, Pernambuco, de vários lugares do mundo por um casal desconhecido. A segunda coleção apresenta aos apreciadores da fotografia, imagens colecionáveis feitas a partir do estereoscópio, esse objeto ‘científico’ do início dos século passado. 

Os cartões postais são focados no ser humano, que tem presença poderosa e expressa uma conexão profunda com a terra e os costumes que lhes deram suas identidades. Histórias implícitas, presentes nos cartões enviados do Egito, Grécia, Angola, Sudão, Namíbia, datados do século XIX e início do século XX, enviados por um casal a um amigo residente à Rua do Bom Jesus, em Recice, PE.

Reproduzidos com fidelidade, estes postais nos levam a uma viagem mágica pelo mundo antepassado e nos descrevem quem eram os habitantes de terras longínquas na Ásia, na Arábia, África e Oceania. As circunstâncias em que as cartas foram enviadas são desconhecidas, assim como os detalhes em torno dos personagens. 

No mundo todo, os cartões postais têm desfrutado de um novo protagonismo. Além do interesse de colecionadores, artistas, historiadores fotográficos, especialistas em moda e jóias, e designers também reconhecem a riqueza iconográfica dessas peças.

A fotografia estereoscópica e o seu aparelho visor, o estereoscópio são uma verdadeira máquina do tempo. Eles tornam a fotografia tradicional em uma experiência tridimensional. Duas fotos ligeiramente diferentes combinadas com a visão humana resultam em uma visão tridimensional da imagem. Tem-se a ilusão mágica de estar dentro da cena retratada.

Em 1844, Sir David Brewster projetou e construiu a primeira câmera de fotos estereoscópicas, também conhecida como perfescópia, com um aparelho de lentes prismáticas. Em 1851, Sir Brewster  presenteou a rainha Vitória com sua invenção, durante a exposição universal de Londres, contribuindo para aumentar a popularidade da fotografia estereoscópica. Até o final do século XIX só pessoas de posses faziam uso da fotografia, usando seus retratos muitas vezes como cartão postal, ou prova de afetividade. 

A sedução da estereoscopia não se perde no mundo atual, repleto de outras tecnologias mais sofisticadas, porque o fascínio da tridimensionalidade se adiciona à observação de costumes e modos de outras épocas, criando uma verdadeira máquina do tempo.

Os visitantes poderão experimentar o visor e oito aparelhos estarão disponíveis para venda, cada um com vinte duplas de imagens.

Serviço
DOC Galeria
Rua Aspicuelta, 145, Vila Madalena
De terça à sexta, das 11h às 19h. Sábados, das 11h às 17h