AGENDA DAS ARTES

Voltar

1° Prêmio de Design

Artistas: Vários

Curadoria: -

De 23/1 a 10/3

Instituto Tomie Ohtake Ver mapa

Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 201 - Pinheiros - São Paulo - SP CEP 01451-001

Telefone: (11) 2245-1900

Os 20 projetos selecionados para o "Prêmio de Design Instituto Tomie Ohtake Leroy Merlin", sob o tema COMPARTILHAR, participam de uma mostra em São Paulo, no Instituto Tomie Ohtake. Dedicada a estudantes universitários e recém-formados de todo o Brasil e de qualquer área, a premiação – voltada a propostas relacionadas a produto, mobiliário, moda, interiores, paisagismo, web, gráfico, serviço, entre outros segmentos – registrou 127 inscrições provenientes de 16 estados brasileiros, além do Distrito Federal. A exposição dos trabalhos selecionados pode ser vista pelo público geral entre os dias 23 de janeiro e 10 de março de 2019, com entrada livre e gratuita.

FLUTUA, instalação artística e arquitetônica de Luiza Dalvi e Rayssa Carvalho, com a colaboração de Isabela Magro, Rodrigo Pereira, Ariane Freitas e Alexandre Machado (UFU-MG). Foto: Divulgação.

Os selecionados receberam R$ 5.000,00 para execução dos protótipos, que fazem parte da exposição, e de um catálogo. Na data da abertura da mostra, serão anunciados os três vencedores contemplados com bolsas de estudo em cursos de design no exterior. Coube ao júri, composto por Alexandre Salles, Cláudio Bueno, Jackson Araujo, Hugo França, Tereza BettinardiPriscyla Gomes e Zoy Anastassakis, selecionar os 20 finalistas.

Com perfil distinto das usuais premiações de design, o "Prêmio de Design Instituto Tomie Ohtake Leroy Merlin" foi lançado com uma proposta inovadora: abdicando de categorias de premiação, o prêmio propõe a cada edição um tema-desafio. A partir desse tema, projetos poderão ser inscritos por universitários e recém-formados de qualquer área, não se restringindo somente a jovens designers. A ideia é premiar propostas que destaquem e concebam a relação do design com outros campos, como arquitetura, biologia, engenharia, moda, tecnologia e ciências sociais. Com esses pressupostos, o prêmio procura ressaltar que atualmente as propostas mais contundentes de design acontecem em diálogo com diferentes especialidades, instigando soluções inovadoras que possam responder a questões contemporâneas que discutam nosso cenário social, político, urbano, habitacional, além de novas demandas tecnológicas, novos equipamentos, publicações e mídias digitais.

Os projetos finalistas e seus respectivos criadores são:

Amana - Umidificador de Ar – Rafael Alves Monteiro (UFC-CE); Catatau – Andres de Paula Dare (UniNove-SP); Composteira Residencial – Julia Ries (PUC-RJ); Conte – Chrisley Luiz Santana dos Santos (UFS-SE); Direito de Ser Humano – Tamara do Couto Viegas (UFRGS-RS); FLUTUA –Luiza Dalvi e Rayssa Carvalho, com a colaboração de Isabela Magro, Rodrigo Pereira, Ariane Freitas e Alexandre Machado (UFU-MG); Hurbazine: compartilhe ideias para a cidade – Fernando Souza Ferreira (UFRGS-RS);  maucx: proposta de dispositivo de mediação entre museu e cidade – Maria Lorrine Silva Sampaio (UFC-CE); MOBS. - Módulos para Compartilhar – Paul Newman dos Santos (USP-SP); Na-Kama – Jasmim Caparroz de Almeida, Paulo Borges de Oliveira Netto (USP-SP); Ocean – Mariana Nobre de Oliveira (UFRN-RN); O Sergipe encantado: projeto de um livro sobre práticas mágico-religiosas em Sergipe – Breno da Costa Loeser (UFS-SE); Plataforma Digital de Incentivo ao Fazer Manual - Clube das Miçangas – Mariana Soares da Costa, Ana Maria Copetti Maccagnan (UFRGS-RS); Ponto Planta –Bruna Ribeiro Machado Tonso (PUC-SP); Sala de aula pública Microtopia – Jeff Anderson, Thais Lee, Augusto Hipólito, Fernanda Rubio, Paula Warchavchik (FMU-SP); Senior Ludens - Plataforma de compartilhamento e Linha de dominós – Livia Lanzellotti Nishibe (UNESP-SP); Sororas - aplicação para mulher empreendedora/autônoma – Francisco Everardo Lima de Castro Junior, Kathleen Porto Marcilio, Leticia Cavalcante Martins, com a colaboração da Profa. Dra. Georgia da Cruz Pereira (UFC-CE); Tesse - capa protética – Ana Cristina Cabral Wasen, Heloísa Seratiuk Flores (UFPR-PR); TRIALL – Alexandre de Oliveira Lot (FACAMP-SP); Tudo Muda: um projeto de design colaborativo e economia circular no ensino fundamental – Giancarlo Noll de Oliveira (UFRGS-RS).

Ponto Planta, mobiliário de Bruna Ribeiro Machado Tonso (PUC-SP). Foto: Divulgação.

Serviço
Exposição: "1º Prêmio de Design Instituto Tomie Ohtake Leroy Merlin"
Datas e horários: Abertura dia 23 de janeiro, quarta-feira, às 20h. Em cartaz até 10 de março de 2019. De terça a domingo, das 11h às 20h.
Local: Instituto Tomie Ohtake | Av. Faria Lima, 201 (entrada pela Rua Coropés, 88) - Pinheiros, São Paulo (metrô mais próximo - Estação Faria Lima/Linha 4 - amarela)
Entrada livre e gratuita.